quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

~brubs oliveira 2

Chegamos tão longe pra desistir agora. Eu sei que esta complicado. Sei que sou muito irritante e que me torno insuportável as vezes. Mas eu sou humana, poxa. Tenho momentos de estresse, as vezes quero apenas ficar sozinha. Tenta me entender um pouco. Sei que as vezes tenho atitudes meio infantis, mas me ensina amadurecer, tenha paciência comigo. Eu jamais desistiria de você, em hipótese alguma. Eu te amo muito pra desistir assim. E quero que você me ama muito também, pra fazer o mesmo. Por impulso muito das vezes eu tomo atitudes sem pensar, que depois me prejudicam mais que tudo. Eu sinto sua falta, preciso de você. Eu não estou ligando pra o que aconteceu no passado, eu só preciso de você na minha vida, você em todos os sentindos é o melhor pra mim. E é o que eu realmente preciso. Me desculpa tá? eu tenho atitudes infantis, eu disfarço a dor, carência, saudades de você, por sorrisos falsos, falsas atitudes, escondo minhas lagrimas, com sorrisos. Eu finjo que esta tudo ótimo, mais não, não esta. Ficar sem você é ter a noção do tempo e não saber preenchê-lo, é perder a paz e conhecer a ausência de alguém presente. Ficar sem você, talvez seja o maior desafio pro meu coração, é ter necessidade de me manter acordado para a vida enquanto meu corpo adormece na sua ausência. Ficar sem você é tentar permanecer calada enquanto meu peito grita, é procurar respostas e não encontrar, é descobrir forças no infinito, é morrer de saudades a todo instante. O sofrimento me ensinou muita coisa, entre elas está que eu ainda te amo, está também que eu não te esqueci, e que não adiante fingir que te ignoro, porque na sua frente solto sorrisos sarcásticos, porém todos falsos pra fingir que estou muito bem sem você, mais longe de ti, só me vem dor e sofrimento, e lágrimas que caem dos meus olhos cheias de significados, dores e sofrimento sobre ter te perdido.(brubs oliveira) (brubs)

Nenhum comentário:

Postar um comentário